Na manhã desta sexta-feira(3) policiais começaram uma operação de reintegração de posse da invasão que se deu no mês de Julho, em área particular da Nova Empreendimentos, que fica atrás do morro no Novo Brasil em Canaã dos Carajás.

Já se completam cinco meses que um grupo de pessoas ocuparam a área nas proximidades do Bairro Cidade Nova e às margens da rodovia que dá acesso ao S11D. E, mesmo com limitar, não saíram do local.

Barracos de tábua e até mesmo de alvenaria já estavam sendo construídos. Famílias já estavam fixas no local. A comercialização de lotes irregulares também já foram flagrados.

No início da ocupação, a proprietária da área privada, a empresa Nova Empreendimentos, entrou na justiça pedindo a reintegração, que foi concedida pela 1ª Vara Cível e Empresarial de Canaã dos Carajás, determinando a desocupação imediata da área sob ‘multa diária e individual de R$1.000’. O que não aconteceu.

Agora, novamente, com ordem em mãos, as autoridades tentam, mais uma vez, retirar os ocupantes.

Veja também:

Polícia cumpre ordem de reintegração de posse em loteamento

Corpo de homem é encontrado em estado de decomposição

Dono de mercadinho é executado enquanto jogava sinuca em bar

A Prefeitura Municipal, que tem acompanhado o conflito, tem apoiado a determinação de Reintegração e, enfatizado os programa sociais que o município já dispõe para a comunidade e estão em andamento como, por exemplo, o Moradia Digna, que teve início ainda na última gestão, e já beneficiou dezenas de famílias com residências próprias em Canaã dos Carajás.

Em 2021, a Prefeitura está licitando a construção de 58 casas, que serão destinadas a famílias em situação de vulnerabilidade social.

O Moradia Digna é o primeiro programa Habitacional da história de Canaã e foi lançado no ano de 2016. A meta da atual gestão é beneficiar 4 mil famílias com o programa, seja com a entrega de casas, com melhorias sanitárias, cheque moradia ou cartão reforma e ampliação, até 2024.

Como Participar do Programa?

Os interessados em se inscrever no programa devem procurar a Secretaria Municipal de Habitação, que fica localizada na avenida João Figueiredo, número 15, bairro Parque Ecológico, atrás do Hospital 5 de Outubro. Os atendimentos são realizados de segunda a sexta-feira das 8h às 14h.

Com ordem em mãos, as autoridades tentam, mais uma vez, retirar os ocupantes. Foto: Reprodução

Conteúdo Patrocinado

MAIS ACESSADAS