A região sudeste do estado do Pará já está consolidada como uma das maiores produtoras de gado do Brasil. O Pará possui 22.267.207 milhões de cabeças de bovinos, ocupando o terceiro lugar no ranking nacional, segundo dados do IBGE 2020. O crescimento foi de 6,3% e os números só fazem crescer.

Os números recentes divulgados pela Adepará mostram o gigantesco potencial do agronegócio especificamente a criação de gado. Em números atendidos pela regional de Marabá, o município está na frente: 1.424.418 cabeças, Itupiranga - 757.662, Curionópolis - 534.756. Parauapebas aparece na quarta posição com 134.265 cabeças de gado. Os números foram divulgados recentemente no "1º Pecuariando", que aconteceu no mês de abril em Marabá.

Entretanto mesmo estando bem atrás no quantitativo, Parauapebas não se acanhou e em parceria com o Siproduz (Sindicato dos Produtores Rurais de Parauapebas), resolveu fazer um gigantesco churrasco para comemorar os 34 anos do aniversário da cidade, lembrado nesta terça, dia 10 de maio. Serão assados 20 mil quilos de carne em 1.200 costelhões.  O evento iniciou a partir das 10h e segue até 16h.

Veja também!

Parauapebas completa 34 anos nesta terça-feira (10)

15 municípios paraenses comemoram aniversário hoje

Vale e Sinobras assinam compromisso para aciaria em Marabá

O coordenador do evento, Junior José Boere, que está à frente do "maior churrasco do mundo", confirma que será assados mais de 20 mil quilos de carne para churrasco organizados e assados pelos CTG's (Centro de Tradições Gaúchas). "Feito à costela de chão realizados pelos nossos amigos, conterrâneos gaúchos que tem muitos aqui no Pará", declarou. "Além disso, churrasqueiros dos CTG's de Balsas (MA), Rio Grande do Sul, Mato Grosso, de Tucumã, de Marabá, de Brasília, gaúchos que vem voluntariamente para poder participar e organizar esse grandioso churrasco", explicou.

GUINESS?

O maior churrasco até então noticiado no mundo é o do "Paleta Atlântida" que voltou a movimentar a praia de Atlântida, em Xangri-lá no Rio Grande do Sul. Em sua quinta edição em fevereiro, o evento cresceu ainda mais, colocando 1,3 quilômetro de churrasqueiras montadas com 140 mil tijolos na faixa de areia e reunindo mais de cinco mil assadores. Foram utilizadas 10 toneladas de carvão para assar 1,5 mil quilos de carne. (Com vídeo de Portal Pebão)

Serão assados 20 mil quilos de carne em 1.200 costelhões Foto: Reprodução

Conteúdo Patrocinado

MAIS ACESSADAS