O 23°Esquadrão de Cavalaria de Selva de Tucuruí realizou nos dias 10 e 11 exercício de Adestramento Básico em Garantia da Lei e da Ordem (PAB GLO) na Usina Hidrelétrica de Tucuruí. A demonstração das atividades que compõem o adestramento das tropas contou com a cobertura da equipe de jornalismo da TV Jovem Pan, de São Paulo. 

O objetivo foi mostrar as ações do Plano de Ocupação e Proteção da UHE Tucuruí que é um protocolo de segurança nacional desenvolvido pelo 23° Esquadrão do Exército no município.

Durante a atividade foram realizadas as ações de segurança a pontos sensíveis, postos de bloqueio e controle de vias urbanas, operações de busca e apreensão, controle de distúrbio e patrulhamento a pé, motorizado e fluvial. 

O exercício foi executado por intermédio de um reconhecimento aos pontos sensíveis da Usina e atualizar o plano de ocupação
O exercício foi executado por intermédio de um reconhecimento aos pontos sensíveis da Usina e atualizar o plano de ocupação | Divulgação

Cerca de 100 militares participaram da atividade realizada periodicamente nas instalações da UHE Tucuruí. O exercício foi executado por intermédio de um reconhecimento aos pontos sensíveis da Usina e atualizar o plano de ocupação. 

Veja também!

Brasil registra terceiro caso de varíola dos macacos

Acusado de estupro que fugiu da viatura da PC é morto

Senar abre seleção para mais de 2.510 vagas, saiba mais

Conforme o comandante do 23 Esquadrão de Cavalaria de Selva, Leonardo Piubelli, em todos os momentos foram reforçados os conceitos de prontidão e coesão da 23ª Brigada de Infantaria de Selva, Força de Emprego Estratégico do Exército Brasileiro.

A atividade serve para preparar e capacitar do efetivo profissional sendo voltada para a proteção da Usina Hidrelétrica de Tucuruí, a segunda maior e responsável por 10% da energia elétrica produzida no País. 

Com isso, explica o capitão Piubielli, os Lanceiros da Selva cumprem um importante papel de se preparar e de poder atuar em sua área de responsabilidade. 

O adestramento contribui para o amadurecimento das tropas na região de Tucuruí | Divulgação

O comandante destaca a parceria entre a instituição militar e a Eletronorte e o adestramento contribui para o amadurecimento das tropas na região de Tucuruí. “Atuar na área de segurança da Usina é um desafio por conta da sua grandiosidade, mas a Eletronorte não mede esforços para atender e cooperar da melhor maneira possível para que a gente cumpra o nosso dever que é salvaguardar esse patrimônio do país e da comunidade”, enfatiza o comandante.

Cerca de 100 militares participaram da atividade realizada periodicamente nas instalações da UHE Tucuruí Foto: Divulgação

Conteúdo Patrocinado

MAIS ACESSADAS