Os órgãos de segurança pública têm intensificado o combate ao tráfico de drogas. Em uma ação conjunta, das polícias Civil e Militar, uma dupla foi presa em flagrante. 

Rafael Barbosa Leite e Lúcio Felipe Amaral Barbosa foram flagrados vendendo drogas e ainda aguardavam a entrega de mais entorpecente que estava chegando em uma van. Tudo foi apreendido.

Após receber a informação sobre a possível chegada em Parauapebas de droga vinda de Marabá em uma van, que tinha como destinatário Lúcio Felipe, a Polícia Civil solicitou apoio da Polícia Militar para abordar o veículo. Durante as diligências para localizar Lúcio, a equipe da PM avistou na Praça Fauruk Salmen, um grupo de cinco pessoas, quatro sentadas e uma em pé. Um dos quais, ao perceber a aproximação da guarnição, jogou uma sacola perto de uma árvore.

Rafael Barbosa Leite e Lúcio Felipe Amaral Barbosa foram flagrados vendendo drogas
Rafael Barbosa Leite e Lúcio Felipe Amaral Barbosa foram flagrados vendendo drogas | Divulgação

Abordado, o indivíduo, que não portava documento de identidade, disse que se chamava Rafael Barbosa. Na sacola que ele descartou, os policiais encontraram 5 gramas de maconha, distribuídos em três trouxinhas, e 17 gramas de crack em seis embalagens. Com Lúcio Felipe, que era o alvo da ação, foram encontrados 39 gramas de crack.

Questionados sobre os entorpecentes, eles admitiram que estavam vendendo drogas na praça. Os agentes perguntaram se guardavam mais entorpecentes em casa e os dois responderam afirmativamente. A equipe se dirigiu primeiramente para a casa de Lúcio Felipe, localizada na Rua Rio Claro, no Bairro Jardim América.

Na revista no imóvel foi encontrada uma bala calibre 38, mas nenhuma arma ou droga. O acusado, no entanto, entregou que estava aguardando uma van que chegar de Marabá, por volta de 22h, com uma encomenda de drogas para ele.

Veja também:

Mulher que exibia vida de luxo nas redes sociais é presa 

"Assassino da enxada" que atacou menino mata homem em Marabá

Depois os agentes seguiram para a casa de Rafael Leite, na Rua Paulo Afonso, na VS-10. Na residência foram encontradas duas balanças de precisão e 87 gramas de maconha.

Concluídas as diligências nas casas dos acusados, as guarnições da PM e PC foram para o terminal rodoviário e abordaram a van que chegava de Marabá, onde foi encontrado um envelope de papel com o nome e o número do celular de Lúcio Felipe. Ao abrir o envelope, os policiais encontraram 155 gramas de crack.

Os dois receberam voz de prisão e foram conduzidos para 20ª Seccional Urbana de Parauapebas, onde foram autuados em flagrante por tráfico de drogas e estão à disposição da Justiça.

Entorpecente apreendidos em poder dos acusados Foto: Divulgação

Conteúdo Patrocinado

MAIS ACESSADAS