O Brasil tem mais de 27 milhões de motos em circulação, ou seja, uma moto para cada oito habitantes, de acordo com a Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares (Abraciclo).

Cada vez mais pessoas têm um veículo de duas rodas. Para se ter uma ideia, em 2008, a média nacional era de uma moto para cada 14 habitantes. A produção brasileira é de mais de 1 milhão de unidades por ano, o que garante ao Brasil o oitavo lugar no ranking dos maiores produtores de moto do planeta.

Entretanto, esse aumento no número acarreta também no aumento no número de furtos e roubos. A moto é um veículo ágil e de fácil acesso, sendo o preferido de bandidos para a prática de delitos.

Em Marabá, no sudeste paraense, uma dupla suspeita de ter roubado uma moto estava sendo perseguida pela Polícia, quando os homens entraram em uma mata, um deles revidou com tiros e acabou sendo atingido na contrapartida da guarnição.

A moto roubada pela dupla foi recuperada
A moto roubada pela dupla foi recuperada | Divulgação PM

Segundo informações da GU Tático II, a equipe estava fazendo rondas pelo bairro Cidade Jardim quando recebeu um chamado via Niop (rádio) a respeito do roubo de uma moto Honda Biz vermelha, placa RWJ3J50, à mão armada.

A guarnição imediatamente fez a diligência e encontrou dois suspeitos próximo à barreira da Sefa no núcleo na BR-230 Nova Marabá iniciando a perseguição até estes entrarem no residencial Delta Park. Eles abandonaram a moto e começaram a sair correndo para dentro de uma área de mata.

Veja também!

Corpo de homem é encontrado boiando no rio Tocantins

Mulher põe fogo em lixo e atinge carro e casa da vizinha

Travesti é flagrada com cocaína avaliada em R$ 200 mil

A guarnição recebeu apoio de outra viatura do 4º Batalhão de Policiamento de Marabá e entraram na área de mata atrás dos dois suspeitos realizando o cerco. Ao avistar os policiais um dos suspeitos atirou contra a equipe, que revidou e acabou atingindo o acusado. Ele chegou a ser levado para o hospital mas não resistiu e morreu.

O outro acusado foi capturado em uma construção abandonada dentro da área. Zilvan Conceição Barros foi preso e encaminhado para a 21ª Seccional de Polícia de Marabá. Ele já tem passagens pela polícia e já havia sido preso em outras situações, também por roubo.

ORGANIZAÇÃO ATUANDO

De acordo com o tenente Aureliano, o que vem acontecendo de forma rotineira em Marabá é o furto de motocicletas, por isso, os comandos das forças policiais de repressão resolveram agir com estratégia. "Percebendo esses índices de furtos a gente tem uma estratégia que acabou sendo utilizada com sucesso nessa situação", declarou. "Há duas semanas recuperamos duas motos produtos de furtos, no último domingo recuperamos duas, e nesta segunda (27) conseguimos recuperar mais essa", salientou.

Zilvan Conceição Barros (sem camisa) foi preso e encaminhado para a 21ª Seccional. O outro morreu. | Divulgação PC

Tenente Aureliano declarou também que os roubos a motos em Marabá fazem parte de uma estratégia de organização criminosa pelas ações e modus opedandi utilizados no roubo desses veículos. "Temos o indivíduo que faz o furto ou roubo da moto, tem o outro que levanta o documento, o que retira a placa original e coloca outra e outros indivíduos que realizam a venda principalmente por meio de redes sociais", declarou.

Suspeito não resistiu aos ferimentos e morreu ainda no local Foto: Divulgação PM

Conteúdo Patrocinado

MAIS ACESSADAS