Afinal, o homem está invadindo o território delas ou são elas que estão se aproximando das casas das pessoas? É o que se busca responder toda vez que uma cobra é encontrada na área urbana da Região Metropolitana de Belém.

Há poucas semanas, moradores de um prédio registraram uma sucuri em plena avenida Governador José Malcher, no bairro de Nazaré, área central de Belém.

Também há poucos dias, outra sucuri apareceu na praia em frente a orla do distrito de Icoaraci, ao lado do trapiche de onde partem os barcos para as ilhas de Cotijuba e Outeiro. Teve ainda a ocorrência inusitada de uma cobra dormindo em uma árvore na orla da ilha de Mosqueiro.

Segundo o Batalhão de Policiamento Ambiental (BPA), o número de cobras capturadas na área urbana de Belém está 20% maior, em comparação ao ano passado. 

Conteúdo Patrocinado

MAIS ACESSADAS