Sasha Meneghel, 23, e o marido, o cantor gospel João Figueiredo, 23, entraram na lista de pessoas que caíram no golpe das criptomoedas. O casal levou um prejuízo de R$ 1,2 milhão ao investir em uma empresa chamada "Rental Coins", de Francisley Valdevino da Silva, em Curitiba. O empresário alugava criptomoedas para investidores e prometia pagar juros de 0,5% a 5% ao mês. Ele também garantia a devolução dos ativos do cliente ao final de um ano de contrato.

Sasha e João conheceram Francisley durante um culto de uma igreja evangélica em São Paulo. Segundo o jornal O Globo, além do casal, outros pastores e fiéis também foram vítimas do "sheik" das criptomoedas. O empresário é suspeito de crime contra o sistema financeiro nacional e está na mira da polícia federal.

O investimento inicial da filha de Xuxa e o marido e João foi de R$ 50 mil, porém, o casal assinou mais dois contratos que ultrapassaram o valor de R$ 1 milhão. Em abril, os dois abriram um processo na Justiça de Curitiba contra Francisley por danos morais e materiais.

Francisley Valdevino foi sócio do pastor Silas Malafaia na empresa AlvoX, que oferece serviços tecnológicos para cristãos que querem abrir o próprio negócio.

Ao jornal O Globo, o pastor afirmou que desfez a sociedade assim que soube dos boatos de golpe envolvendo a outra empresa do “Sheik”, como Valdevino é conhecido, a Rental Coins.

Sasha e João foram vítimas de golpe de "sheik" Foto: Reprodução

Conteúdo Patrocinado

MAIS ACESSADAS