Nada como um jogo após outro, em que o Clube do Remo resolveu dar resposta imediata a torcida depois da eliminação da Copa do Brasil, que consumiu o elenco azulino em todas as frentes, além de voltar a conquistar três importantes pontos dentro da terceira divisão nacional, no retorno da equipe ao estádio Baenão, depois de uma vitória e duas derrotas, longe do seu torcedor.

O técnico Paulo Bonamigo destacou a força do elenco remista após a vitória por 3 a 1 diante do Mirassol-SP, neste domingo (15), pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro da Série C. Para o treinador, o elenco deu uma resposta diante das adversidades enfrentadas após a eliminação nos pênaltis para o Cruzeiro-MG, pela Copa do Brasil, na última quinta-feira (12).

Clube do Remo vence o Mirassol por 3 x 1 e faz as pazes com o torcedor

“Hoje a equipe foi bem efetiva. Foi um jogo equilibrado, contra o Mirassol, uma equipe de qualidade e sabíamos disso e o nosso time desgastado, tivemos uma semana que todos sabem, decidimos uma vaga na Copa do Brasil, desgaste no jogo, penalidades, a derrota. O grupo sentiu, muitos jogadores choraram no vestiário então aspecto emocional foi muito pesado para resgatá-lo, na partida mais pesada que tivemos na Série C. Foi uma vitória da superação”, disse.

Durante a entrevista, o técnico azulino destacou a superação dos atletas na partida contra o Mirassol. De acordo com Bonamigo, todos tiveram um bom desempenho dentro de campo. Além do mais, ele parabenizou a atitude e performance de cada um. Por outro lado, o treinador também criticou sobre a pressão que tem recebido da imprensa, no qual afirma que em nenhum momento de sua carreira, fez equipes covardes.

“No intervalo estavam desgastados, não foi na intensidade, mas a maioria da imprensa pega no meu pé na questão de baixar bloco, mas é uma situação que para manter a intensidade em bloco alto, aqui a maioria me conhece, nunca fui de acovardar, de fazer o time covarde, mas temos às vezes temos que ser inteligentes e o grupo, não foi nenhuma estratégia nossa, mas a equipe ficou em um bloco mais compacto, deu extremamente certo", afirmou.

Clube do Remo e Paysandu vivem "gangorra" na Série C

Passada a vitória contra o Mirassol, que acabou perdendo sua invencibilidade na competição, Paulo Bonamigo agora começa a projetar o próximo adversário remista, na competição. O treinador comemora o fato do Remo ter uma semana inteira de descanso e preparação para o próximo desafio, no dia 23 de maio, segunda-feira que vem contra o Ypiranga-RS, fora de casa.

"Hoje tivemos muitos atletas cansados dentro de campo que não teriam condições de jogo e foram para o sacrifício. Desde a final do estadual não tivemos descanso e hoje o resultado foi muito mais importante que a performance, foi na superação, o grupo está de parabéns, enfrentamos um grande adversário, com bons jogadores, excelente organização e fomos muito no coração", acentuou.

Com a vitória, o Clube do Remo passa a ocupar a 4ª posição da  Série C, com 10 pontos conquistados. Embora tenha acontecido alguns tropeços que resultaram na perda de importantes pontos durante o campeonato, Bonamigo acredita que o time está em processo de evolução e frisa que alguns atletas que ainda não atuaram, serão fundamentais o avanço da equipe, nos próximos jogos.

É necessário um espírito de equipe que vem desde o estadual e na superação conseguimos um título importante para o clube, mas chegaram alguns atletas que ainda precisam um pouco de adaptação, entrosamento o que é normal. Eles já chegaram competindo sem função de treinamento, mas vamos crescer. 

Bonamigo destaca luta do time azulino durante o jogo Foto: Samara Miranda / Remo

Conteúdo Patrocinado

MAIS ACESSADAS