Oficialmente, o Clube do Remo irá estrear Gerson Gusmão no clássico contra o Paysandu, e o treinador gaúcho já começa com a missão de quebrar uma escrita pessoal na temporada.

Gusmão ainda não sentiu o doce gosto da vitória em um clássico em 2022, e vai tentar superar esse tabu no domingo (3), no estádio Evandro Almeida, em mais um “Superclássico da Amazônia”.

Gerson Gusmão vai para o seu quinto clássico no ano. Nas outras quatro partidas, o técnico comandou o Botafogo-PB diante do Campinense-PB e amargou dois empates e duas derrotas, em jogos pela Copa do Nordeste, Campeonato Paraibano e a própria Série C.

O treinador ainda perdeu o título estadual para a Raposa quando era treinador do Belo. Além de acabar com o jejum nos clássicos, Gusmão também vai ser um dos estreantes no Re-Pa, graças ao seu nome aparecer no BID da CBF e estar apto para comandar o time remista.

Diferente do clássico paraibano, Gusmão terá a torcida azulina toda a favor e isso pode ser diferencial no duelo deste domingo, com cobertura especial do DOL.

Gusmão ainda não venceu clássico no ano e tem a chance no Re-Pa Foto: Samara Miranda / Remo

Conteúdo Patrocinado

MAIS ACESSADAS