A fase classificatória da Série D do Campeonato Brasileiro ainda não acabou, mas as chances da Tuna Luso Brasileira de alcançar uma das quatro vagas para a próxima etapa da competição, chegaram ao fim. Com apenas uma vitória, além de demonstrar pífios rendimentos em seus jogos, a Águia continua sendo uma das piores equipes da última divisão nacional.

Embora tenha ficado no empate sem gols contra o Fluminense-PI, no confronto disputado no último domingo (26), no estádio Albertão, em Teresina, pela 12ª rodada da Série D, e consequentemente eliminadas todas as possibilidades de avançar no campeonato, para o técnico Josué Teixeira, o desempenho dos cruzmaltinos foi satisfatório.

Tuna pode ajudar o Castanhal na Série D. Entenda!

"É a primeira vez que jogo desta maneira, bem reativo, marcando a linha do meio-campo, sem deixar espaços para o adversário. Mudamos um pouco o sistema para fazer esse jogo. Era a ideia em cima disso. Felizmente o (Vitor) Lube garantiu, mas o adversário tem as suas qualidades. Eu acho que o empate foi importante", destacou.

Na última colocação da chave 2, com apenas 6 pontos conquistados, a Tuna Luso ainda terá pela frente os confrontos diante do 4 de Julho, Juventude Samas e Tocantinópolis, que brigam diretamente por uma das vagas - com o Castanhal - para a próxima etapa da Série D. De acordo com o Josué Teixeira, resta agora para os atletas, terminar a participação na competição, com diginidade, honrando as tradições do clube.

Sem chance, Tuna fica no empate diante do Fluminense-PI

"A gente teve oportunidades de fazer os contra-ataque, mas tivemos alguns erros nas trocas de passe. Não estamos felizes pelo campeonato, mas pela forma como houve a entrega dos jogadores. A ideia era terminar a competição com dignidade. Foi isso que nós fizemos hoje. A entrega foi fundamental para conseguir o resultado", finalizou.

Técnico Josué Teixeira (direita) espera terminar com honra a Série D Foto: Junior Borges/Tuna

Conteúdo Patrocinado

MAIS ACESSADAS