A Caixa Econômica Federal pagará, nesta semana, o FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) extraordinário para 7,5 milhões de trabalhadores. Nesta quarta, os valores serão depositados para 3,7 milhões de cidadãos nascidos em abril e, no sábado (14), será a vez de 3,8 milhões nascidos em maio.

Têm direito de receber até R$ 1.000 do Fundo de Garantia os profissionais com conta que tenha saldo. O montante é depositado de forma automática para a maioria dos cidadãos na poupança social digital movimentada pelo Caixa Tem. No entanto, parte deles terá de solicitar o saque extraordinário no app FGTS.

No Caixa Tem, é possível fazer transferência de valores, pagar contas, fazer compras e sacar gerando um código de retirada. O pagamento obedece a um calendário específico estabelecido pelo banco, que leva em conta o mês de nascimento de quem vai receber. Em geral, os pagamentos são feitos às quartas-feiras e aos sábados.

Vale-Gás: 165 mil famílias ainda não sacaram auxílio

REGRAS

O cidadão com conta aberta no FGTS, que tenha saldo e não haja bloqueio do dinheiro, como em casos de contratação de antecipação do saque-aniversário. Ao todo, 42 milhões de trabalhadores vão receber cerca de R$ 30 bilhões.

O valor de até R$ 1.000 por trabalhador considera a soma dos saldos disponíveis em todas as contas abertas, tanto do atual empregador quanto dos antigos. Será liberado, primeiro, o saldo nas contas antigas. Depois, serão pagos valores da conta do atual emprego, caso o trabalhador esteja contratado.

| DOL

Conteúdo Patrocinado

MAIS ACESSADAS