As autoridades norte-americanas ainda não divulgaram a identidade do atirador que abriu fogo contra clientes de um supermercado nos EUA. O ataque foi transmitido pela plataforma de streamins Twitch. Imagens gravadas mostram o homem no estacionamento pouco antes de atirar contra clientes. Jornais locais da cidade de Buffalo, em Nova York, falam em pelo menos 10 pessoas mortas.

| ( Reprodução )

O atirador fez diversos disparos em um supermercado do estado de Nova York, neste sábado (14/5). A polícia e outros serviços de emergência confirmaram o incidente no Tops Markets, na Avenida Jefferson, 1275, em Buffalo.

Além de 10 mortos, o homem feriu outras pessoas. Ele ainda postou um manifesto on-line no qual se descreveu como um supremacista branco.

Por meio de nota, a Twitch, site de transmissão ao vivo de propriedade da Amazon, popular entre jogadores afirmou ter tirado o vídeo do ar. Ao tentar acessar a gravação aparece a mensagem: “atualmente indisponível devido a uma violação das diretrizes da comunidade ou dos termos de serviço do Twitch”.

Em um comunicado, uma porta-voz da Twitch disse que a plataforma “tem uma política de tolerância zero contra qualquer tipo de violência e trabalha rapidamente para responder a todos os incidentes”.

Ao chegar no estabelecimento, a polícia encontrou diversas vítimas no chão do lado de fora do supermercado e outras dentro da loja. Veja:

Os relatos são são de que pelo 10 pessoas morreram. Duas vítimas foram declaradas mortas na hora, no chão do lado de fora do supermercado e pelo menos uma pessoa foi levada a um hospital da região.

A identidade do suspeito ainda não foi confirmada. Um vídeo que circula na internet mostra um homem sendo preso.

Conteúdo Patrocinado

MAIS ACESSADAS