O responsável pelo ataque que matou 10 pessoas e feriu outras três em um mercado de Buffalo, no estado de Nova York, no último sábado (14), já era monitorado por autoridades americanas desde o ensino médio, segundo a governadora do estado, Kathy Hochul. 

O ato de violência praticado por Payton Gendron, investigado como "crime de ódio", foi exibido ao vivo pela Twitch, plataforma de transmissão on-line de videogames.

A polícia disse que o atirador, um jovem branco de 18 anos de fora da cidade, foi preso após o crime em uma loja da rede regional de supermercados Tops Friendly Markets. 

A autoridade disse que os investigadores estavam revisando um “manifesto” que se acredita ter sido publicado online pelo suspeito. O documento propaga ideias racistas contra negros e judeus.

Vídeo: ataque com 10 mortos nos EUA foi exibido ao vivo

Terror nos EUA: homem mata 10 em supermercado de Nova York

Homem compra cofre fechado, consegue abrir e acha 125 mil 

O homem estava fortemente armado e com equipamento tático, disse a polícia durante uma entrevista coletiva na noite deste sábado. Segundo as autoridades, o homem saiu de seu carro e atirou em quatro pessoas no estacionamento, matando três delas. Em seguida, entrou na loja e continuou atirando.

Payton Gendron autor dos disparou que vitimou 10 pessoas Foto: (Divulgação)

Conteúdo Patrocinado

MAIS ACESSADAS