Na última semana um vídeo causou revolta nas redes sociais. Ele mostrava o procurador Demétrius Oliveira de Macedo, de 34 anos, agredindo covardemente na procuradora Gabriela Samadello Monteiro de Barros durante o expediente. O vídeo mostra cenas de extrema violência e teria sido motivado por um processo administrativo aberto contra Demétrius.

Vídeo: procuradora é agredida a socos por colega de trabalho

Na última terça-feira (28) a denúncia feita pelo Ministério Público do estado, contra o procurador, foi aceita pela justiça do Estado. A decisão é do juiz Raphael Ernane Neves, da 1ª Vara de Registro.

Demétrius agora será réu por tentativa de feminicídio. A denúncia do MP retratou a ocorrência como “evidente intento homicida” e que só não foi concretizado por “circunstâncias alheias a vontade do agente”.

O acusado terá 10 dias para apresentar sua defesa prévia.

VEJA TAMBÉM:

Apex:inscrições terminam hoje; salários passam de R$ 8 mil

Aliado de Bolsonaro, presidente da Caixa deve ser exonerado

Conteúdo Patrocinado

MAIS ACESSADAS