A Polícia Civil do Pará continua com a investigação sobre a morte do oficial de Justiça Clayton Nazaré do Socorro Martins Mesquita, de 46 anos, baleado na última quarta-feira (29), em Novo Repartimento, sudoeste paraense.

Substituição de rede deixa 13 áreas de Belém sem água

As primeiras informações levantadas, ainda no local do crime, indicam que ele teria reagido a um assalto, foi ferido e não resistiu. Os suspeitos do latrocínio estavam de motocicleta e fugiram levando a arma e um cordão de ouro da vítima.

O ofical de Justiça Clayton Martins foi vítima de latrocínio
O ofical de Justiça Clayton Martins foi vítima de latrocínio | ( Reprodução )

O corpo de Clayton foi removido para Instituto Médico Legal, em Tucuruí, e após ser liberado foi trazido para Ananindeua, Região Metropolitana de Belém, onde será velado em uma capela no Conjunto Guajará I.

Mulher é morta após assassinato do marido

O Sindicato dos Oficiais de Justiça do Pará divulgou uma nota de pesar na qual lamentou a morte de Clayton Martins e pede que o caso não seja apenas mais uma ocorrência nas estatísticas. A entidade prestou ainda solidariedade a família do oficial de Justiça.

O ofical de Justiça Clayton Martins foi vítima de latrocínio Foto: ( Reprodução )

Conteúdo Patrocinado

MAIS ACESSADAS