Sol, calor... Não tem como negar: o verão amazônico já chegou e podemos sentir na pele o aumento das temperaturas. Clima perfeito para aproveitar as praias e balneários do Estado. Mas, cuidados com a pele e a hidratação do corpo são necessários para que a diversão não vire problema de saúde. E, lembrando, que não precisa ir à praia para cuidar da pele.

Protetor solar

Muita gente não sabe, mas além das praias e piscinas, a proteção solar deve ser feita diariamente, quando você está dentro do carro e, até mesmo, dentro de casa. Já para quem não abre mão de uma boa praia, onde a exposição ao sol é maior, essa proteção deve ser ainda mais forte.

"Deve-se observar bem o protetor solar que está sendo adquirido. A gente sempre pede que o protetor tenha uma alta proteção, como por exemplo, FPS acima de 50. A reaplicação do protetor solar deve ser feita a cada duas ou três horas. Hoje, já existe no mercado protetor solar de ação 18 horas, ou seja, a gente já consegue ter um produto que não precise ficar reaplicando. Mas, se for um protetor solar comum, a reaplicação é necessária", explica a farmacêutica e especialista em estética, Lorena Macedo.

"No caso das roupas com proteção solar, é necessário observar a qualidade para que seja um produto que realmente tenha proteção UVA UVB, e, mesmo assim, essa proteção pode não ser o suficiente para uma grande exposição ao sol. Então os protetores facial e corporal são indispensáveis e só após a sua aplicação, podem colocar a roupa por cima, principalmente quando falamos de crianças e pessoas que têm a pele mais sensível ou algum tipo de problema dermatológico", completou.

Pele com manchas

Lorena também faz um alerta para quem tem manchas na pele (Melasma). "Nesse caso, pode ser feita a tripla proteção, para que a pele fique realmente protegida. Por exemplo, é necessário aplicar o protetor solar branco, aplicar um protetor solar com base e finalizar com um pó compacto que também contenha proteção solar".

Hidratação

Nesse período do verão a hidratação também é necessária, com água, sucos, água de coco, entre outros. Além da hidratação ingerida, a hidratação externa também é essencial. "O hidratante é muito importante, mas deve-se ficar atento ao tipo de hidratante que você vai escolher, pois nosso clima é extremamente úmido. Por isso, precisamos optar por hidratantes que não estimulem a oleosidade da pele, para não correr o risco de desenvolver acnes", explicou a especialista.

Procedimentos estéticos: podemos fazer procedimentos estéticos durante o verão?

A resposta é sim. Mas é necessário ter cuidado ao escolhê-los. Os procedimentos feitos nesse período não podem gerar lesões e processos inflamatórios mais exacerbados, visto que o paciente vai se expor ao sol em praias e piscinas. Então, esses procedimentos mais agressivos, onde precisa-se de um tempo para a regeneração do tecido, devem ser evitados.

"Como exemplo de procedimentos que devem ser evitados nesse período, posso citar o Peeling, o Microagulhamento e o Jato de plasma, sendo procedimentos que geram lesões onde exige um tempo maior para a regeneração tecidual. Mas, também, existem procedimentos que podem ser realizados normalmente nesse período de verão, como por exemplo a Toxina Botulínica, Preenchimentos e Bioestimuladores de colágeno, claro que também respeitando as orientações de um profissional capacitado", explica Lorena Macedo.

Ao se expor ao sol é necessário ficar atento aos sinais que a pele dá quando começa ficar prejudicada. "É importante que a pessoa perceba se a pele está muito manchada, se os poros estão muito dilatados, se a pele está muito oleosa ou se está muito ressecada. Lembrando que oleosidade e hidratação não são a mesma coisa, muita gente confunde. As vezes, as pessoas acham que por ter uma pele oleosa, não precisa de hidratação. Engano! Outra coisa que deve ser observada é a vermelhidão da pele, a sensibilidade. Ao perceber isso, é preciso, imediatamente buscar ajuda médica, com profissionais capacitados, para que o caso não se agrave", alerta.

Para se ter uma pele saudável é preciso ter uma rotina de cuidados com a alimentação, pois isso reflete diretamente na sua pele como um todo. A pele é o maior órgão do corpo humano. " Precisamos também praticar atividades físicas, precisa-se de uma boa hidratação, sabonetes para peles mais sensíveis, para pele mais ressecadas, mais oleosas, de acordo com a necessidade de cada pele. Chapéus, óculos, roupas com UVA/UVB também são muito bem-vindos. Existem produtos que também são muito indicados nesse período, como por exemplo, a água termal, que ajuda a calmar a pele com o calor excessivo. Então, tem como curtir ao máximo o verão e deixar a saúde em dia", finalizou a especialista em estética, Lorena Macedo.

Foto: Reprodução

Conteúdo Patrocinado

MAIS ACESSADAS