Característico da região amazônica, o candiru é muito temido. Conhecido popularmente como ‘peixe vampiro’, ele é um parasita que se alimenta de outros peixes. Ele é hematófago, ou seja, se alimenta de sangue, e pode inclusive entrar no corpo de um humano através do nariz, ouvido, boca, ânus e da região genital..

Peixe bizarro chama atenção na web: "um Pokémon"

Um vídeo que pode ser considerado ‘desconfortável’ para algumas pessoas, mostra um candiru em ação. O pescador João Cordeiro estava no rio Madeira, em Porto Velho-RO, quando fisgou uma arraia. Ao retirar o animal da água, ele se surpreendeu com um candiru que tentava comê-la.

ASSISTA:

Não foi a primeira vez que o pescador se deparou com o peixe vampiro. Em outro momento, ele viu um candiru comer metade de um peixe que tinha fisgado.

Em Rondônia, estima-se que existam cerca de 10 casos por ano de penetração do candiru em orifícios do corpo humano. A doutora Carolina Rodrigues explica que o candiru não é um peixe que vai comer gente viva e recomenda que as pessoas só entrem em rios amazônicos com roupas adequadas.

"O candiru não vai comer ninguém vivo, também não vai entrar em pessoas que estiverem nadando corretamente vestidas com biquíni ou sunga", ressaltou.

VEJA TAMBÉM:

Novosalário de Fátima Bernardes é divulgado, saiba quanto

Sasha leva golpe milionário de “sheik” sócio de Malafaia

Elefante mata idosa, vai ao funeral e a pisoteia de novo 

Conteúdo Patrocinado

MAIS ACESSADAS