A população dos municípios que precisam cruzar a rodovia BR-230 (Rodovia Transamazônica), tem vivido um drama desde o último domingo (27), com as cheias registradas em virtude das chuvas constantes e, consequentemente, do aumento do nível do rio Uruará, provocando transbordamento e dificultando a travessia.

Em muitos registros compartilhados nas redes sociais é possível testemunhar a força violenta das águas, que já destruiu pontes e arrastou veículos. Uma preocupação também para a vida dos que se arriscam e insistem em cumprir a travessia mesmo quando não recomendada.

Uma caminhonete precisou ser “resgatada” depois que o condutor do veículo tentou atravessar um pequeno trecho da rodovia. Nas imagens, curiosos testemunham as inúmeras tentativas de trazer o veículo para a margem.

O ponto em questão está localizado a 20 quilômetros da cidade de Uruará, sentido Medicilândia, sudoeste paraense, e aconteceu na manhã da última sexta-feira (1º). Estavam no carro, além do condutor, outros passageiros. Todos conseguiram sair a tempo e foram resgatados por pessoas que estavam em canoas ou botes.

Resgate

A caminhonete foi levada pelas águas e afundou. As imagens mostram o momento em que o carro é puxado do fundo por um trator. A mercadoria transportada na caminhonete permanecia ainda presa pelas cordas, mas o veículo ficou inutilizado.

Dura realidade da Transamazônica no Pará para todo mundo ver

Em anos anteriores, a estrada chegou a ficar cortada. A imprevisibilidade da cheia impossibilita saber se o nível da água continuará a subir, interferindo ainda mais no trânsito da rodovia por mais dias.

Conteúdo Patrocinado

MAIS ACESSADAS