Medidores de velocidade, radares móveis, drones, blitz auxiliam na vistoria de motoristas cuja consequência, na maioria das vezes, será a tão temida multa de trânsito. No entanto, apesar de todos esses suportes de fiscalização, ainda há infratores que conseguem driblar esse controle.

Na noite do último sábado (14), os agentes de trânsito de Maringá, na região norte do Paraná, apreenderam uma moto com mais de R$ 1 milhão em multas e débitos, entre e atrasos no pagamento de impostos e taxas de licenciamento. A prefeitura acredita que o proprietário e condutor trabalhava com delivery.

Paranaense leva fora, bate carro, invade casa e é preso

O moto foi apreendia durante patrulhamento dos agentes de trânsito, após o motociclista cometer uma infração ao avançar o sinal vermelho da esquina das avenidas Colombo com Pedro Taques.

Depois da abordagem, foram constatados os débitos,  referentes a avanço de sinal e excesso de velocidade. Com apoio do guincho da Polícia Militar, o veículo foi recolhido ao pátio da 13ª Circunscrição Regional de Trânsito (Ciretran).

O condutor recebeu mais duas multas: pelo avanço de sinal na avenida Colombo e a notificação por trafegar com os débitos atrasados.

Conteúdo Patrocinado

MAIS ACESSADAS