O Pará terá seu primeiro centro de treinamento gamer profissional. A iniciativa é da ADY e-Sports, organização de esportes eletrônicos, atuante no cenário competitivo de Free Fire, que pretende fazer a inauguração ainda no primeiro semestre de 2022. O local será de uso exclusivo do elenco e staff do grupo. A localidade será na capital paraense.

Conforme divulgado, o ambiente terá equipamentos do mundo game de alta performance, como computadores desktop, mobiliário gamer, periféricos profissionais, internet fibra óptica de alta velocidade e um espaço multiuso para a equipe administrativa. O projeto pertence a uma equipe maranhense de energia renovável ADY Solar. As obras irão começar no mês de maio. O empresário Arlan Silva, Diretor Executivo da empresa, é quem está à frente do projeto.

“Acompanho o cenário dos esportes eletrônicos há muitos anos e observei que já estava mais do que na hora de investir no universo gamer, um mercado que vem apresentando ano após ano um incrível e incomparável potencial de crescimento que pouco foi afetado, mesmo durante os desafios da pandemia. Vejo que há muitos jovens super talentosos aí no estado do Pará em busca de uma oportunidade pra se destacar e que ainda temos bastante espaço para o desenvolvimento de projetos realmente profissionais dentro das regiões norte e nordeste como um todo. Portanto, eu estou bastante empenhado em trabalhar no crescimento e expansão dessa iniciativa que engloba uma série de planos estratégicos que estaremos divulgando dentro dos próximos meses", destacou.

Novidade anima os games paraenses
Novidade anima os games paraenses | Divulgação

Nesta fase inicial do projeto, serão investidos mais de R$ 100 mil com a construção do centro de treinamento, dando toda uma estrutura para os players e staff. Entre as principais metas da organização para este ano está a possibilidade da participação na disputada Liga Brasileira de Free Fire – LBFF, o maior e mais importante evento da modalidade no país.

ADY e-Sports quer representar o Pará na Liga Brasileira de Free Fire – LBFF Foto: Divulgação

Conteúdo Patrocinado

MAIS ACESSADAS