Devido a pandemia, muitos produtos aumentaram de preço. Com os carros usados não foi diferente. Alguns veículos tiveram alta de mais de 20% no valor final. Bom para quem vai vender e ruim para quem quer comprar um veículo seminovo. 

Mas para quem tem ou busca comprar um carro usado, é preciso ter atenção na conservação do veículo e, assim, evitar problemas futuros. 

Então, para conseguir conservar os veículos por mais tempo possível, é preciso ficar atento a alguns costumes que podem detonar o carro. 

RESERVA

Com os altos valores do combustível, muitos motoristas estão circulando com o veículo “na reserva”. Mas, você sabia que isso pode causar problema na bomba de combustível? 

Muitas pessoas não sabem, mas a maioria dos carros utiliza uma bomba de combustível elétrica para levar gasolina ou etanol do tanque até o motor. Para lubrificar a operação da bomba, utiliza-se o próprio combustível.

Então, ficar circulando muito tempo com a luz da reserva acesa, poderá acarretar problema, pois não terá combustível passando para a lubrificação.

ÓLEO

Outra dica importante é sempre ficar de olho no óleo do motor do carro, que deve ser mudado de acordo com a quilometragem ou tempo que foi colocado. Em questão de tempo, em média, seis meses.

Vale lembrar que se o óleo ficar muito tempo no motor do carro ele fica melhor e deixa de lubrificar, podendo chegar a falhar o motor.

PNEUS

Os pneus também são fundamentais para a boa conservação do seu veículo. Então eles sempre estar calibrados. Pneus murchos aumentam, inclusive, o consumo de combustível e, principalmente, podem afetar na segurança dos motoristas e passageiros. 

A calibragem varia de acordo com a carga que está sendo levada. Mas, o ideal é que isso seja feito toda semana. 

VELOCIDADE

Outra coisa que muitos motoristas costumam fazer e pode ser prejudicial para o carro é controlar a velocidade segurando apenas com os freios. Como, por exemplo, ao descer uma ladeira. Isso pode diminuir a vida útil das pastilhas e os discos de freio. 

EMBREAGEM

E, para os que costumam dirigir com o pé na embreagem, a atitude também pode comprometer o bom funcionamento, pois a peça ficará sempre um pouco acionada e a embreagem vai embora mais cedo.

ÁGUA NO RADIADOR

Agora uma dica que a maioria dos motoristas não sabem. Não use água no radiador. No reservatório do carro deve ser usada uma mistura de líquido específico de arrefecimento e água desmineralizada cuja proporção varia conforme a empresa fabricante. Nunca faça isso com o carro ligado ou no posto de gasolina.

Para quem tem ou busca comprar um carro usado, é preciso ter atenção na conservação do veículo e, assim, evitar problemas futuros. Foto: Divulgação

Conteúdo Patrocinado

MAIS ACESSADAS